Conecte-se conosco

Pauta Especial

Brasil é o país com mais depressão em toda a América Latina e casos de suicídio preocupam

Segundo estimativa da OMS, a cada 40 segundos uma pessoa se suicida no mundo. A cada 45 minutos uma pessoa comete suicídio no Brasil, país onde o suicídio é considerado um grave problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado muito entre jovens. De acordo com números oficiais, 32 brasileiros se matam por dia, em média, uma taxa maior do que a de vítimas de Aids e da maioria dos tipos de câncer.

Publicado

em

Falar sobre depressão, ansiedade e suicídio não deve mais ser tabu na sociedade dos tempos de redes sociais da internet. Na verdade, falar abertamente sobre estes temas é o primeiro passo para preveni-los ou até mesmo encontrar a cura para estes males cada vez mais comuns na nossa sociedade. No mês em que prevenção ao suicídio, o Setembro Amarelo, há muitas conversas sobre estes transtornos mentais que, juntos, atingem cerca de 30 milhões de brasileiros, é uma maneira de evitar situações extremas como o autoextermínio, o suicídio.

Segundo estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão é um transtorno mental que atinge mais de 320 milhões de pessoas no mundo. No Brasil, 5,8% da população sofre com o problema, afetando 11,5 milhões de brasileiros e fazendo do nosso país o maior em prevalência da doença na América Latina. Já a ansiedade, também conforme dados da OMS, é uma desordem mental que atinge 264 milhões de indivíduos mundialmente, sendo 18 milhões só no Brasil, dando a nós brasileiros o título de povo mais ansioso do mundo.

Além do alto índice de incidência, outro ponto em comum entre esses dois transtornos mentais é sua relação causal com as práticas suicidas. Segundo especialistas, as tentativas de suicídio entre os adolescentes, por exemplo, quase sempre estão relacionadas ao agravamento de quadros de depressão ou ansiedade que não foram tratados ou detectados. Por isso, durante a campanha do Setembro Amarelo, quando se promove no mundo e, obviamente, em todo o Brasil, uma campanha de conscientização sobre a prevenção contra o suicídio, entidades, empresas e instituições em geral, reforçam suas ações de promoção da saúde mental.

A psicóloga clínica e organizacional, Thelma Pereira, há muitas barreiras do preconceito que muitas vezes impedem o tratamento da depressão e da ansiedade, especialmente entre os homens. Segundo a profissional, é preciso vencer os tabus que giram em torno do tema e falar abertamente de forma correta e amorosa, no momento adequado, com as pessoas em sofrimento emocional. A psicóloga avalia que a escuta ativa, vinda de um familiar ou amigo, pode incentivar a pessoa a buscar o tratamento.

DEPRESSÃO

Um estudo feito pela OMS e divulgado em 2017, aponta que em dez anos, de 2005 a 2015, o número de casos de depressão na população mundial aumentou 18,4%. Ainda segundo o mesmo levantamento, o número de pessoas com transtornos de ansiedade registrou um crescimento de quase 15%, entre 2005 e 2015. A estimativa da Organização Mundial de Saúde é de que, atualmente, mais de 320 milhões pessoas em todo o mundo sofram com a depressão, e outras 264 milhões, com a ansiedade.

Thelma Pereira atribui, em grande parte, a alta prevalência da depressão e ansiedade nos dias atuais, ao cenário de mudanças sociais, políticas e econômicas. “O clima de instabilidade e de muitas mudanças pode afetar, e muito, as pessoas que não estejam em equilíbrio emocional. Os jovens são os mais afetados pelo ambiente de transformações em seu redor, mas os adultos também estão suscetíveis, principalmente no cenário que vivemos hoje de desemprego e instabilidades econômica e política, o que pode gerar insegurança, baixa autoestima e irritabilidade”, justificou a especialista.

SUICÍDIO

Entre as formas mais recorridas na prática do suicídio no mundo estão o enforcamento, envenenamento, overdose de medicamentos, e o uso de armas de fogo.

No Brasil, o suicídio é considerado um grave problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado muito entre jovens. De acordo com números oficiais, 32 brasileiros se matam por dia, em média, sendo essa uma taxa maior do que a de vítimas de Aids e da maioria dos tipos de câncer.

De acordo com um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2014, o Brasil estava em oitavo dentre os países com maior número de suicídios no mundo, atrás apenas da Índia, China, Estados Unidos, Rússia, Japão, Coreia do Sul e Paquistão. O Rio Grande do Sul é o Estado brasileiro com a maior taxa de suicídio, com registros de 10,2 casos por 100 mil habitantes. Em segundo lugar, aparece Roraima; em terceiro, o Mato Grosso do Sul; e em quarto lugar em número de ocorrências registradas de suicídio, surge o Estado de Santa Catarina, conforme um levantamento do Ministério da Saúde focado no período de 2006 a 2010.

No mundo todo, o suicídio é a terceira causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos e a sétima causa de morte de crianças entre 10 e 14 anos de idade. A Organização Mundial da Saúde também afirma que o suicídio tem prevenção em 90% dos casos.

SUICÍDIOS EM GOIÁS

Toda pessoa que planeja suicidar-se, de alguma forma, emite “sinais de aviso” ou mesmo “pedidos discretos de socorro”. Fique atento a isso.

Reforçando os números, atualmente no Brasil, segundo o Ministério da Saúde, entre os anos de 2007 e 2016, foram registrados 106.374 óbitos por suicídio. O Centro de Valorização da Vida (CVV) destaca que, a cada 45 minutos uma pessoa comete suicídio em nosso país. De acordo com dados divulgados em 9 de setembro passado, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), por ano, no mundo, 800 mil pessoas cometeram suicídio, entre 2010 e 2016, ou seja, um suicídio a cada 40 segundos acontece em algum lugar do mundo, segundo estimativas da OMS.

Em Goiás, os registros de ocorrências de suicídio são ainda mais preocupantes. Estatísticas do Corpo de Bombeiros de Goiás revelam que, entre janeiro e agosto deste ano, foram registrados 669 casos de autoextermínio (suicídio), em território goiano. Esse índice inclui os casos que terminaram em morte e os casos configurados apenas como tentativas de suicídio.

Em relação ao ano passado, 2018, o Corpo de Bombeiros de Goiás constatou um aumento de 28,9% das ocorrências de suicídio no Estado. Além disso, os números levantados pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES) mostram que, em 2017, o último ano com dados oficiais definidos, ocorreram 497 mortes por suicídio em Goiás.

FORMAS DE SUICÍDIO

Um número cada vez maior de adolescentes e jovens tem cometido suicídio por enforcamento.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, cerca de 20% dos suicídios ocorridos em todo o mundo são causados ​​pelo envenenamento por pesticidas, a maioria dos quais ocorre em áreas agrícolas rurais, em países de baixa e média renda. Outros métodos comuns de suicídio são enforcamentos e a utilização de armas de fogo. No Brasil, de acordo com o Centro de Valorização da Vida (CVV), é necessário impedir que a pessoa doente consiga ter acesso aos meios para cometer um suicídio. Esconder armas, facas, cordas, deixar medicamentos em local que a pessoa não tenha acesso, de preferência trancados, e com alguém responsável em administrá-los, são algumas das medidas preventivas ao suicídio.

O CVV ressalta que, ao fazer uso de alguma medida de prevenção ao suicídio, as pessoas próximas aos indivíduos doentes devem deixar claro a eles que essas medidas são temporárias, até que a pessoa melhore o suficiente para reassumir o controle psicológico de sua vida. A OMS aconselha que tenha uma regulamentação para a liberação de armas de fogo e pesticidas, visando assim, reduzir as taxas de suicídio.

SETEMBR0 AMARELO

Todos os anos, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio em todo o mundo. O suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens com idade entre 15 e 29 anos. Conforme dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), nove em cada dez mortes por suicídio podem ser evitadas destacando, assim, a importância do Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, comemorado em 10 de setembro, e da campanha Setembro Amarelo, um movimento mundial de conscientização sobre a prevenção do suicídio.

No Brasil, o Setembro Amarelo foi criado pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), em 2015, com a proposta de associar a cor ao mês garantindo mais visibilidade à causa. A ideia é promover eventos que abram espaço para debates sobre suicídio e divulgar o tema alertando a população sobre a importância de sua discussão.

Mas, por que a definição pela cor amarela? Há toda uma história real que responde esta pergunta. Em 1994, um jovem americano, com apenas 17 anos, chamado Mike Emme, tirou a própria vida dirigindo seu carro amarelo. Seus amigos e familiares distribuíram no funeral cartões com fitas amarelas e mensagens de apoio para pessoas que estivessem enfrentando o mesmo desespero de Mike, e a mensagem foi se espelhando mundo afora. O carro era um Mustang 68, restaurado e pintado pelo próprio Mike. Os pais de Mike, Dale Emme e Darlene Emme, iniciaram a campanha do programa de prevenção do suicídio “fita amarela”, ou “yellow ribbon”, em inglês.

O suicídio tem aumentado assustadoramente em adolescentes e jovens.

Direção de Pauta, Direção de Produção: Terry Marcos Dourado

Direção de Jornalismo: Terry Marcos Dourado

Produção e Realização: Portal Rede Pop, Jornal Gazeta Popular e Agência Prodartcom

Reportagem. Texto, Edição, Revisão e Finalização: Terry Marcos Dourado

Contato direto com a produção de Jornalismo do Portal Rede Pop: [email protected]

Direção Geral e Artística: Terry Marcos Dourado

 

Jornalista, radialista, apresentador de TV e WebTV, cerimonialista em eventos, também artista e "youtuber" no Estado de Goiás; com quase 30 anos de experiência profissional em Jornalismo (desde 21/11/1991), Terry Marcos Dourado é o idealizador, diretor-proprietário, diretor de conteúdo, editor-geral e jornalista responsável pelo Portal Rede Pop e suas Divisões de Conteúdos Específicos: Jornal Gazeta Popular, PopTV, PopMix RádioWeb, Estelar Filmes, Agência PopStar Artistas, Modelos e Produções e o Canal Hiper T, no Youtube.

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários:

LEIA COM ATENÇÃO

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias (PORTAL REDE POP NOTÍCIAS E ENTRETENIMENTO) reserva para si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência.

Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links.

Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Postagens criminosas, que firam a legislação brasileira serão repassados às autoridades policiais competentes para rastreamentos e as medidas legais cabíveis aos criminosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Supostas agências de modelos de outros Estados estariam aplicando “golpes” em Jataí (GO) e região

Publicado

em

O golpe já é muito antigo, muito batido, mas mesmo assim ainda faz um grande número de vítimas. Trata-se das supostas agências de modelos – ou agências mesmo, de fato, com propagandas duvidosas e/ou enganosas – que divulgam endereços supostamente físicos em outros Estados e que, de tempos em tempos, vêm a cidades bem longe de suas supostas sedes para “fazerem audições” (seleções) de candidatas e candidatos a modelos, manequins e, às vezes, até de atores e atrizes.

Você que lê esta reportagem, acredita mesmo que uma agência em São Paulo (SP) vai se dar ao trabalho de vir a Jataí, na região sudoeste de Goiás, a mais de 900 quilômetros de distância, somente para fazer seleções (audições) de candidatas e candidatos a modelos, manequins, atores ou atrizes? Não seria mais prático e mais lógico a tal agência fazer suas seletivas lá mesmo na cidade de São Paulo ou, na pior das hipóteses, em algum lugar do Estado de São Paulo?

Geralmente, o que mais ocorre são golpes onde pessoas, e até agências mal-intencionadas, simulam uma seletiva para, aí sim, mostrarem “a que vieram”. Após a tal “seleção”, eles oferecem um curso, geralmente de alto custo, que pode ser pago em parcelas, para “preparar tecnicamente” o/a candidato/a a modelo, manequim, ator ou atriz. Os tais cursos são ofertados em módulos, com preços em ascendência, ou seja, um módulo mais caro que o outro.

Até aí, beleza. Cada um faz o que quer com o próprio dinheiro. Se está disposto a pagar para uma agência “forasteira”, que vem de muito longe, e que apenas mantém um site lindo na internet, com algumas fotos e vídeos duvidosos, como ponto de referência e de credibilidade; o problema é seu. Mas, pague ciente de que não há, em momento algum, qualquer garantia de trabalhos, nem a curto, nem a longo prazo, nas áreas pretendidas, ou seja, modelo, manequim, ator, atriz… Dito isso, já se pode dizer que há um (mau) cheiro no ar de desperdício de dinheiro. Ou não?

No último trimestre, a produção de jornalismo do Portal Rede Pop recebeu informações de internautas preocupados com a possibilidade de supostas agências de modelos de outros Estados estarem agindo de má-fé, ludibriando a confiança, o sonho e a falta de malícia de pessoas que, supostamente, estão sendo sugestionadas e estimuladas a pagarem por um sonho que, segundo indícios, não passa de mera ilusão, embromação, enganação. E este é o assunto, no formato de uma reportagem de alerta, que escolhemos para a estreia da seção “PAUTA ESPECIAL” aqui no Portal Rede Pop.

 

CUIDADOS PARA NÃO CORRER RISCOS DESNECESSÁRIOS, E NEM JOGAR DINHEIRO FORA

Não é fácil ser modelo/manequim ou mesmo ator/atriz. Estão mais frequentes os golpes de supostas agências que estariam vindo de estados das regiões Sudeste e Sul apenas para venderem “books” (álbuns fotográficos) mediante a falsa promessa de oportunidades de trabalhos.

A agência de modelos, manequins, atores, atrizes, etc…. geralmente são a melhor porta de entrada em uma carreira artística de sucesso. A agência encontra as melhores oportunidades para o perfil de seu representado e indica qual postura deve ser tomada diante cada adversidade. Assim, uma escolha errada pode custar o fim precoce do que poderia ser um futuro promissor.

Por isso, é importante ter cautela extra no momento de escolher uma agência, especialmente quando seu filho ainda é menor de idade. Recebeu uma proposta de um olheiro, ou viu um anúncio de teste/audição/seletiva na internet ou nas redes sociais… Não faça nada sem uma extensa pesquisa sobre a empresa que deseja representar o seu pequeno.

Vale buscar referências com antigos funcionários e clientes, fazer pesquisas on-line e conhecer as instalações físicas antes de formalizar qualquer negócio. Tudo isso fará com que você conheça os profissionais que lá trabalham e possa descobrir qualquer incoerência ou desvios que não deveriam existir. Mas, faça tudo isso sem ansiedade ou vislumbres que podem “cegar” sua razão, sua racionalidade.

Chegou à empresa e encontrou o profissional que pode ficar responsável pelo seu filho? Não tenha medo de fazer tantas quantas perguntas desejar. Entenda como funcionam os procedimentos internos e se há taxas a pagar. Desconfie de pessoas que pareçam muito ansiosas para receber valores e que se neguem a responder propostas irreais. O ideal é analisar comportamentos e exigências da própria agência e compará-las aos padrões do mercado. Se estiver em dúvida, aposte nas empresas que não fazem propagandas agressivas em jornais, revistas e redes sociais, e nas que já estão consolidadas. É mais seguro e você, além de não correr riscos, não irá jogar dinheiro fora.

Empresas que hesitam em dar referências e não dão ao responsável tempo para pensar e analisar propostas com certeza não têm as melhores intenções com você ou com seu/sua filho/a. Avalie como seus funcionários tratam modelos já contratados, assim você terá uma boa ideia de como o relacionamento com a agência pode se desenvolver. Atente-se aos cuidados prestados aos modelos e às intenções que os agentes têm ao fazerem contatos. Lembre-se de que agências legítimas geralmente indicam os melhores cursos, aulas, workshops e sessões fotográficas para que o modelo possa aprimorar seus talentos, mas você deve checar o trabalho dos profissionais indicados para garantir que o aprimoramento do talento preexistente ocorrerá.

 

ALGUMAS “AGÊNCIAS” SÓ QUEREM VENDER BOOKS. E VOCÊ QUE “SE LASQUE”

Um dos mais graves riscos para quem tenta, sem cautela, oportunidades como modelo, é cair no golpe do Book Rosa, ou seja, atuar forçadamente na prostituição.

Escolher uma agência de modelos não é uma tarefa de 5 minutos. Exige um tempo e muita pesquisa na internet para ver se há algo negativo sobre a agência que você escolheu ou que está divulgando “seletivas” em sua cidade. Existem muitas agências de modelos que só querem vender books e não tem nem carta de clientes para oferecer, mas como isso é uma mina de dar dinheiro, e trata-se de um sonho de uma pessoa, então os pais acabam cedendo sem nem pesquisar mais sobre a agência que foi procurar.

Uma agência de modelos honesta não está em busca de vender um book (álbum de fotos), e sim de vender a/o modelo/manequim. É óbvio que uma venda de book é necessária, fundamental. Mas se tem que pagar por um book profissional, é melhor já escolher o profissional de uma agência de modelos bacana, dessa forma você garante a qualidade do seu book. Vale ressaltar que mesmo um estúdio fotográfico pode fazer o tal book.

SUMIÇO – Cuidado com agências de modelos que prometem testes, audições, seletivas. Muitas delas apenas querem vender book pra você no final do tal teste/seletiva, ou mesmo de um suposto “módulo inicial/básico” e, assim que pegarem o seu dinheiro, simplesmente somem, desaparecem. Sequer vão atender seus telefonemas.

DICAS DE PROTEÇÃO – Toda agência verdadeiramente séria jamais contratará você sem que você tenha o registro profissional (conhecido como DRT) de modelo, manequim, ator, atriz, entre outras profissões artísticas. Além desta dica básica fundamental, fazemos aqui os seguintes alertas a você. Atenção para eles:

  • Se a pessoa quiser te apressar, te levar a fazer um pagamento na hora, sem ter tempo para pensar, desconfie.
  • Se houver muito “sigilo” e ninguém souber te informar datas precisas de testes, provas de figurino, nome da empresa, etc., fuja.
  • Se receber muitos elogios, do tipo “nós gostamos muito de você” ou “você tem um perfil que nos interessa muito”, acione o seu radar. Ninguém vai te elogiar à toa.
  • Peça informações sobre a empresa, como o CNPJ. Agências sérias não terão problema em fornecer dados como esse (e são juridicamente obrigadas a fornecê-los), e eles serão necessários caso você tenha que fazer uma reclamação formal.
  • Pesquisar o último evento realizado pelo produtor ou scouter. É importante ter contato com pessoas que já passaram pela seleção, verificar se as pessoas são reais, é muito fácil dizer que lançou uma modelo que já é famosa, difícil é comprovar. Atente-se que esta pessoa tenha hoje modelos em formação e lançando no mercado, cuidado com falsas promessas e oportunidades milagrosas.
  • Certifique-se de que você está entrando para uma agência e que a seleção não é para te apresentar para outras agências. O grande erro de novos modelos é cair em armadilhas onde os olheiros/selecionadores chegam às cidades apresentam oportunidades fantasiosas, e não possuem agência própria, nem equipamentos e estrutura para representar seu filho, cobram valores altíssimos para simplesmente apresentá-lo para outra agência.
  • Avaliar se o que está sendo oferecido será realmente realizado, verificar contrato para cada produto oferecido contrato de cursos, certificando-se de que a pessoa tenha DRT para emitir este certificado, contrato de acessória que a empresa venha a ter com sua imagem, e o mais importante, onde ela vai divulgar. Peça referencia de jornais e revistas e sites.
  • A carreira de modelo é uma carreira que exige dedicação e muitas vezes o próprio modelo desiste de investir ou continuar buscando os seus objetivos, mas é muito importante que a agencia faça seu papel que é preparar e lançar no mercado. Um serviço fundamental de uma agência séria é o encaminhamento do/a candidato/a a modelo, manequim, ator e atriz para a obtenção do registro profissional (o DRT). Este documento é uma garantia do SATED – Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões – para que modelos possam participar de grandes eventos onde somente agências credenciadas têm acesso. Além disso, atores e atrizes só podem trabalhar profissionalmente após possuírem o registro profissional junto ao Ministério do Trabalho e do Emprego.

CRIMES – O pior dos piores é quando ocorre de uma suposta agência, além de aplicar o golpe acima mencionado, pode também estar envolvida em práticas de crimes graves como pedofilia, rufianismo, tráfico de pessoas para fins sexuais, entre outros absurdos não tão incomuns como você pode estar pensando que seja.

Reflita sobre a seguinte situação: Uma agência que diz ser de algum Estado da região Sudeste ou do Sul do Brasil, vem a Jataí (GO) ou região fazer seletivas. Você acha mesmo que as tais pessoas “selecionadas” que vão comprar os tais cursos oferecidos, serão levadas, com todas as despesas pagas para fazerem trabalhos de modelo, manequim, ator ou atriz, em algum Estado das regiões Sudoeste ou Sul do país? Mesmo assim, centenas de pessoas caem, todos os anos, facilmente nestas lábias malditas.

PROTEJA-SE – Por mais que sua ansiedade e ambição pela fama artística te perturbem, procure ter calma e um raciocínio mais lógico para não cair nas armadilhas preparadas para candidatos ao estrelato, seja como modelo, manequim, ator ou atriz; que buscam fama rápida, sem qualquer planejamento ou análise de ofertas. A recomendação mais segura é procurar uma agência local, próxima de você e buscar uma oportunidade com ela, porém, antes, certifique-se de como esta agência funciona e quais as oportunidades que ela pode oferecer a você.

Em Jataí e região, a Agência PopStar – Artistas, Modelos e Produções, foi criada com objetivos específicos de descobrir, preparar e revelar novos talentos artísticos. Outro serviço ofertado pela agência é o de agenciamento artístico para quem já tem considerável experiência, seja como modelo, manequim, ator, atriz, cantor/a, ou outras modalidades artísticas. Além disso, outro ramo de atuação da Agência PopStar é a preparação e disponibilização de mão-de-obra (recursos humanos) artística para eventos e produções audiovisuais (cinema, tv, webtv, webséries, curtas-metragens, etc.).

Envie sugestões de pautas para a produção de jornalismo do Portal Rede Pop para a seção Pauta Especial, onde serão exibidas reportagens especiais, com absoluto destaque, que exijam apuração e produção mais elaborada, às vezes até mesmo uma investigação jornalística, enfim, temas de maior repercussão e relevância. Envie texto, fotos, documentos, vídeos para o WhatsApp (64) 9 9600-8865, com o título “Sugestão para Pauta Especial”. Se preferir, mande um e-mail para: [email protected].

Continue lendo

É proibida a reprodução, total ou parcial, ou mesmo fragmentada de qualquer conteúdo publicado aqui no PORTAL REDE POP, em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a autorização por escrito do diretor-proprietário do PORTAL REDE POP, jornalista Terry Marcos Dourado.

Os infratores estão sujeitos às penalidades legais estabelecidas pela legislação brasileira em vigor. Para solicitações ou dúvidas, favor entrar em contato pelo e-mail: [email protected].

Diretor-Proprietário, Diretor Geral de Conteúdo e Jornalista Responsável: TERRY MARCOS DOURADO – RP n. 2.098 – MTE-DRT/GO.

PORTAL REDE POP é um portal de notícias/jornalismo e entretenimento, multiconteúdo transmídia e crossmedia, o primeiro nestas características do interior do Estado de Goiás, produzido e realizado pela Agência Prodartcom Jornalismo, Eventos e ProduçõesCNPJ nº 30.245.426/0001-76; Insc. Estadual nº: 52.8.0401793-2 e Insc. Municipal nº: 3.03.4194-01. Escritório regional sediado em Jataí, Estado de Goiás – Brasil.

Todo conteúdo produzido e publicado pelo PORTAL REDE POP é de inteira responsabilidade da Agência Prodartcom Jornalismo, Eventos e Produções e suas Divisões de Conteúdos Específicos: Pop TV; Estelar Filmes; Jornal Gazeta Popular; PopMix RádioWeb; Agência PopStar Artistas, Modelos e Produções e Canal Hiper T (Youtube). Todos os direitos reservados.

WhatsApp

Contatos Diretos

Estes são os meios para contato direto com o Portal Rede Pop.

WHATSAPP:(64) 9 8459-3531

TELEGRAM:(64) 9 8459-3531

JORNALISMO GERAL:

[email protected]

Envie sugestões de pautas, convites para eventos, textos, fotos, áudios, vídeos sobre quaisquer assuntos de qualquer área do Jornalismo. Quando for o caso, garantimos sigilo às nossas fontes.

ENTRETENIMENTO GERAL:

[email protected]

Envie sugestões de pautas, convites para eventos, textos, fotos, áudios, vídeos sobre conteúdos da área de entretenimento (notas, convites para eventos culturais, shows, etc.)

ASSUNTOS COMERCIAIS:

[email protected]

Anúncios, publicidades, informes publicitários, etc.

EVENTOS E PROMOÇÕES:

[email protected]

E-mail específico para pedido de informações e inscrições em eventos e promoções diversas do Portal Rede Pop.

POP TV (conteúdo audiovisual):

[email protected]

E-mail exclusivo para dúvidas, sugestões e solicitações referentes aos vídeos e programas produzidos e exibidos pela POP TV, a WebTV do Portal Rede Pop.

Teremos imenso prazer em receber seu contato.

Rádio PopMix AO VIVO

Jornal da Pop AO VIVO

Facebook

Mais Lidas