Doze dias depois de um terremoto de baixa intensidade assustar a população de uma pequena cidade no oeste do Estado de Mato Grosso, na região das cidades turísticas de Barra do Garças (MT), Pontal do Araguaia (MT) e Aragarças (GO); a terra voltou a tremer nesta quinta-feira, 21/9, desta vez no Estado de Goiás, mais precisamente na região do município goiano de Mutunópolis, entre as cidades goianas de Santa Teresa de Goiás, Porangatu e Estrela do Norte, na região norte do Estado, segundo informou o portal de monitoramento mundial Painel Global. Mutunópolis é um município jovem, com apenas 59 anos e população estimada de 4.086 habitantes (segundo censo de 20o9). A cidade é pequena, possui área de 869 quilômetros quadrados e está a 397 quilômetros de distância da capital, Goiânia.

Nos últimos sete dias foram detectados 310 terremotos em todo o planeta, sendo 274 eventos de leve intensidade e 32 abalos moderados. 4 tremores foram classificados entre forte e muito forte, entre eles o que atingiu o México, matando mais de 200 pessoas. Na quarta-feira, 20/9, ocorreram além do fortíssimo terremoto do México, outros três terremotos também fortíssimos: um na Nova Zelândia, outro no Japão, próximo à Central Nuclear de Fukushima e outro em Vanuatu, no continente australiano, todos com magnitude acima de 6,0 na Escala Richter.

Uma das ruas centrais da pequena cidade de Mutunópolis, no norte de Goiás.

Segundo o site Apolo 11, o evento de maior intensidade ocorrido nas últimas 48 horas atingiu 3.2 pontos de magnitude e foi localizado próximo a Mutunópolis, Goiás, Brasil. O abalo ocorreu às 08:33 UTC (5h30min pelo horário de Brasília-DF) do dia 21/09 e foi localizado a menos de um quilômetro de profundidade, ou seja, apesar da baixa magnitude, o sismo aconteceu muito raso. Até o fechamento desta reportagem não houve divulgação de maiores detalhes, nem de possíveis danos materiais ou vítimas.

ATUALIZANDO INFORMAÇÕES – O Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (Obsis/UNB) registrou nesta quinta-feira (21) um tremor de magnitude 3.2 na Escala Richter entre as cidades de Mutunópolis e Estrela do Norte, na região norte de Goiás. Moradores contaram que sentiram o sismo por volta das 5h30, mas não há informação de danos.

“Eu estava arrumando para ir para a escola quando tremeu. Foi rápido e forte, mas não ao ponto de me desequilibrar. Pareceu um trovão”, contou o estudante João Victor Formazier D´Avila Santos, de 15 anos, que mora em Estrela do Norte. Moradora de Mutunópolis, a enfermeira Rosa Eli Soares dos Santos, de 38 anos, disse que acordou por causa do sismo. “Estava deitada, acordei com o barulho estranho. Levantei e sai para olhar se era chuva, mas não tinham nem nuvem. Fiquei com medo por não saber ao certo o que era”, relatou.

De acordo com o Obsis da UnB, no mesmo o local do epicentro do tremor, já foram registrados 11 tremores com magnitudes acima de 3.0 desde o ano de 2010.

Estaremos atualizando esta reportagem a qualquer momento. Aguarde e volte logo mais.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Terry Marcos Dourado
Carregar mais por Cidades

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias (PORTAL REDE POP TRANSMÍDIA) reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Postagens criminosas, que firam a legislação brasileira serão repassados às autoridades policiais competentes para rastreamentos e as medidas legais cabíveis aos criminosos.

Veja Também

Prefeitura de Jataí (GO) surpreende e emociona público com decoração e programação natalina inéditas

Nunca antes na história de Jataí, cidade da região sudoeste de Goiás, a população foi pres…