DestaqueViagens e Turismo

Saiba quais documentos providenciar para evitar problemas em sua aventura pela América do Sul

Mais uma temporada de férias e a América do Sul tem locais paradisíacos à espera da sua visita.

As férias de final/início de ano estão chegando. E você aí está com uma vontade forte de fazer um “tour” por países vizinhos aqui da América do Sul. Aposto que não sabe, com certeza, toda a documentação e trâmites burocráticos para evitar problemas nas aduanas das fronteiras inter-países. Acertei? Pois bem. Se este é o seu maior problema, não será mais se ler toda esta reportagem até o final.

Seja por meio de moto ou carro de passeio, há destinos paradisíacos em países vizinhos, principalmente no Uruguai, Argentina, Peru e Chile. Estes, são os principais destinos dos turistas brasileiros que desejam se aventurar em expedições internacionais de fim/início de ano. Mas é preciso ficar atento à documentação exigida, tanto a pessoal, quanto a do veículo (moto ou carro de passeio). Considere também que os trâmites nas aduanas podem levar horas, situação que vai exigir de você uma boa dose de… paciência!

Esteja sempre precavido com com documentos rigorosamente em dia ou portando suficiente quantia em dinheiro para pagar licenças exigidas na hora da entrada em um país sul-americano. E como a gente é bacana contigo, por ser nosso leitor, para que você consiga cruzar as fronteiras entre o nosso Brasil e os países vizinhos, circulando com tranquilidade pela América do Sul, a gente vai te repassar, a seguir, algumas dicas valiosas. Atente-se para elas.

As lendárias ruínas de Machu Pichu, no Peru, atraem milhares de turistas de todo o mundo.
As lendárias ruínas de Machu Pichu, no Peru, atraem milhares de turistas de todo o mundo.

DOCUMENTOS PESSOAIS:

Documento de identidade: Mais conhecido como RG (Registro Geral), deve ter menos de cinco anos de emissão. Se o seu tem mais que isso, atualize-o. Apesar de não ser um documento necessário para ingressar em países da América do Sul, é aconselhável levar também o seu passaporte, pois o mesmo poderá agilizar os trâmites burocráticos nas aduanas.

CNH (Habilitação): Vale aqui ressaltar que o Brasil é país signatário da Convenção de Viena para o Tráfego Rodoviário. Por esse motivo,a Carteira Nacional de Habilitação, a CNH brasileira, tem validade em grande número de países, não somente os da América do Sul.

PID: Estar de porte da PID (Permissão Internacional para Dirigir) vai facilitar, e muito, o contato com agentes de trânsito locais (do país que você estiver intencionado a visitar). A PID é aceita em mais de 100 países signatários da Convenção de Viena. A PID traduz a CNH em seis idiomas: inglês, espanhol, francês, alemão, árabe e russo; e tem a mesma validade. Pode ser obtida de forma on-line por meio dos Detran estaduais (departamentos de trânsito estaduais), e custa R$ 259,05.

Seguro Pessoal de Viagem: Além do seguro de vida, o Seguro Pessoal de Viagem cobre situações de emergência como reembolso de despesas com hospitais, médicos, remédios e traslado. Pode ser contratado para piloto e garupa, a partir de R$ 300, por pessoa, com validade de 30 dias.

Santiago do Chile, a capital chilena, é outro destino paradisíaco que atrai muitos turistas de todo o planeta, inclusive muitos brasileiros.
Santiago do Chile, a capital chilena, é outro destino paradisíaco que atrai muitos turistas de todo o planeta, inclusive muitos brasileiros.

DOCUMENTOS DO VEÍCULO (MOTO OU CARRO)

CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos): O CRLV é o documento de porte obrigatório dos veículos no Brasil e também para trafegar por toda a América do Sul. Se a moto estiver alienada ou no nome de outra pessoa, é obrigatório levar uma autorização no nome do condutor, emitida pela financeira ou pelo proprietário, com data de início e término da viagem e para quais países ela tem validade. Se estiver em nome de pessoa jurídica, além da autorização, você deverá levar também o contrato social da empresa.

Seguro Carta Verde: Este, é um seguro obrigatório para quem transita pelos países do Mercosul. Pode ser obtido com a maioria das seguradoras, inclusive em escritórios de corretores nas fronteiras. Para uma viagem de 15 dias, o valor varia entre R$ 150 e R$ 250.

Seguro com cobertura total: Para facilitar a vida dos condutores de veículos em viagens pela América do Sul, algumas montadoras já oferecem seguro para países sul-americanos, o que garante assistência técnica e até o traslado de uma moto, por exemplo, para o Brasil, caso necessário.

Soat: Este, é um documento exclusivo para a Colômbia. Para entrar naquele país, o motociclista brasileiro deverá contratar o Soat, um seguro que cobre danos corporais causados em acidentes de trânsito. A contratação poderá ser feita na própria aduana. O período mínimo de validade é de 30 dias.

A encantadora Catedral de Las Jajas, na Colômbia, atrai turistas e muitos curiosos, inclusive brasileiros.
A encantadora Catedral de Las Jajas, na Colômbia, atrai turistas e muitos curiosos, inclusive brasileiros.

Pois bem. Esta é a documentação básica e fundamental, sem a qual você não consegue passar pelas aduanas nas fronteiras sul-americanas. Não esqueça sempre de pesquisar sobre possíveis particularidades de cada país para o qual você está se programando para visitar. Planejamento continua sendo o grande segredo, o fator fundamental para fazer uma viagem sem imprevistos, ou com o mínimo de imprevistos possível.

Providências tomadas. Boas férias. Boa viagem!

Tags
Mostre mais

Terry Marcos Dourado

Jornalista e radialista goiano com mais de 25 anos de experiência profissional (desde 21/11/1991), Terry Marcos Dourado é o idealizador, diretor-proprietário, diretor de conteúdo, editor-geral e jornalista responsável pelo Portal Rede Pop.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários:

LEIA COM ATENÇÃO

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias (PORTAL REDE POP NOTÍCIAS E ENTRETENIMENTO) reserva para si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência.

Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links.

Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Postagens criminosas, que firam a legislação brasileira serão repassados às autoridades policiais competentes para rastreamentos e as medidas legais cabíveis aos criminosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios