CidadesDestaqueNotícias DestaqueNotícias PoliciaisPolicia

Quase 10 anos depois, BRF volta a sofrer incêndio na unidade de Rio Verde (GO)

Na manhã do sábado, 21 de março de 2009, a então unidade da Perdigão (hoje, BRF Brasil Foods) de Rio Verde, maior cidade da região sudoeste de Goiás, sofreu um grande incêndio. À época, uma explosão em um dos galpões daquele complexo industrial provocou um incêndio de grandes proporções no local, segundo informou o Corpo de Bombeiros local. Apesar de dezenas de pessoas estarem trabalhando no local no momento do acidente, ninguém se feriu. A explosão teria acontecido por volta das 10 horas. Pelo menos 2.000 funcionários estariam na fábrica no momento do incêndio.

Os bombeiros informaram que um vazamento do gás amônia teria provocado a explosão seguida de um grande incêndio. O complexo da então Perdigão, atual BRF Brasil Foods, está sediada no parque industrial de Rio Verde, a cerca de 10 quilômetros da cidade, às margens da rodovia federal BR-060. Por meio de nota oficial, a assessoria de imprensa da Perdigão negou o registro de vazamento de amônia. Ainda segundo a nota da então Perdigão, a planta se encontrava em operação no momento do incêndio, na manhã daquele fatídico sábado. “Imediatamente, a brigada especializada da empresa foi mobilizada e retirou, com segurança, os cerca de três mil funcionários que trabalhavam no local. Alguns tiveram de ser atendidos no hospital da cidade, com sintomas de intoxicação provocada pela fumaça, sendo liberados na sequência”, dizia a nota.

Um grande incêndio no complexo da então Perdigão (hoje, BRF) de Rio Verde (GO), em março de 2009, causou enormes prejuízos à empresa.
Um grande incêndio no complexo da então Perdigão (hoje, BRF) de Rio Verde (GO), em março de 2009, causou enormes prejuízos à empresa.

A então Perdigão informou também que o fogo começou na caldeira da unidade de industrializados e, devido ao vento forte, atingiu outras áreas do complexo.

QUASE 10 ANOS DEPOIS, UM NOVO INCÊNDIO

E quase 10 anos depois do grande incêndio que causou significativos prejuízos à então Perdigão, hoje BRF Brasil Foods, na unidade de Rio Verde (GO) voltou a enfrentar um incêndio, desta vez, de proporções bem menores que o ocorrido em 21 de março de 2009.

Na manhã da sexta-feira, 5/01, o Corpo de Bombeiros de Rio Verde foi acionado para combater um incêndio na unidade local da BRF Brasil Foods.  Os bombeiros informaram que o fogo, que não demorou para ser controlado, atingiu o setor de produção de salsichas. Não houve feridos.

Na manhã da sexta-feira, 5/01, bombeiros controlaram um incêndio na fábrica de salsichas da unidade da BRF em Rio Verde, no sudoeste de Goiás.

Ainda segundo informações do Corpo de Bombeiros de Rio Verde (GO), foram utilizadas no combate ao incêndio e ação de resfriamento, seis viaturas e 16 bombeiros militares, além dos brigadistas da empresa, e aproximadamente 10 mil litros de água. O incêndio foi contido na área externa e não houve danos na parte interna do setor de fabricação de salsichas da BRF. A causa do incêndio ainda não foi esclarecida pela perícia técnica.

Por meio de nota, a assessoria de comunicação da BRF Brasil Foods comentou que ainda é cedo para apurar o que teria causado o incêndio. A empresa informou que o fogo atingiu apenas a área destinada ao processo de industrializados da unidade de Rio Verde. As demais áreas de atividades da fábrica, como os setores de abate de aves e de suínos, área administrativa e o setor de distribuição não sofreram danos e funcionam normalmente.

Tags
Mostre mais

Terry Marcos Dourado

Jornalista e radialista goiano com mais de 25 anos de experiência profissional (desde 21/11/1991), Terry Marcos Dourado é o idealizador, diretor-proprietário, diretor de conteúdo, editor-geral e jornalista responsável pelo Portal Rede Pop.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários:

LEIA COM ATENÇÃO

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias (PORTAL REDE POP NOTÍCIAS E ENTRETENIMENTO) reserva para si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência.

Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links.

Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Postagens criminosas, que firam a legislação brasileira serão repassados às autoridades policiais competentes para rastreamentos e as medidas legais cabíveis aos criminosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios