Nos últimos dias, este vídeo que você pode assistir logo abaixo tem sido cada vez mais espalhado pelas redes sociais, principalmente o WhatsApp. Nele, um pequeno trecho – confuso, vale ressaltar – mostra os vereadores Augustinho de Carvalho Filho, vulgo “Carvalhinho” (Solidariedade/SD) e José Antônio Prado Nunes Carvalho, vulgo “José Prado Carapô” (PTN) discutindo feio, no maior “bate-boca” durante o Pequeno Expediente da sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Jataí, município da região Sudoeste de Goiás, realizada na quinta-feira, 16 de fevereiro. Ambos os parlamentares citados são calouros de mandato político legislativo e, pelo menos em tese, são opositores à administração do prefeito Vinícius de Cecílio Luz (PSDB).

Antes de prosseguirmos com esta reportagem, assista ao vídeo.

Para entender melhor a situação, você pode assistir à íntegra da confusão e todo o bate-boca, incluindo a pronta ação da turma do “parem com isso”, no vídeo publicado no Youtube no canal da Câmara de Vereadores de Jataí. Mas, um detalhe: o vídeo tem quase três horas e meia de duração. O barraco dos parlamentares começa a partir do tempo de 3h22min20seg em diante.

Até a publicação desta reportagem, o vídeo da íntegra da fogosa sessão ordinária de 16 de fevereiro teve poucos acessos. E caso o mesmo seja retirado do ar, não se preocupe. A produção do Portal Rede Pop já garantiu uma cópia do mesmo e estaremos, se necessário, disponibilizando o tal vídeo aqui no portal. É este aqui:

Agora que você já assistiu a pelo menos um dos vídeos acima, vamos diretamente aos fatos, detalhe por detalhe, “round por round” de toda a confusão e bate-boca entre os vereadores Carvalhinho X Carapô.

Tudo parece ter começado ainda no final de 2016, quando alguns dos então vereadores diplomados, e à espera da posse que ocorreu no primeiro dia deste ano, já articulavam a cadeira de presidente do Legislativo Jataiense. Na “explosiva” sessão ordinária de 16 de fevereiro, o vereador José Prado Carapô, no calor do bate-boca, deixou claro que foi, sim, postulante à Presidência da Câmara Municipal de Jataí para o biênio 2017/2018. O vereador José Prado Carapô deu a entender que havia conseguido todo o apoio de que precisava para conquistar a cadeira mais cobiçada daquele Parlamento, até mesmo por quem paga a falsa pose de não cobiçá-la. Mas, na “hora H”, o tal apoio que o “ingênuo” político Carapô já dava como certo, “virou pó” ou não passou de “mera ilusão” do vereador-estreante.

Foi então que, pelo que ele próprio – o vereador José Prado Carapô – explicitou de forma bem clara em todas as suas falas, o mesmo teria descoberto “uma movimentação” do tipo “feirão” de votos e apoios políticos, os quais Carapô chamou de “benefícios” que colegas seus do Parlamento teriam recebido para articularem, agirem ou votarem a favor dos interesses da prefeitura.

Nos áudios que você poderá ouvir, logo abaixo desta reportagem, por várias vezes, a frase “prefeito de Jataí” foi citada no bate-boca entre os dois vereadores, dando a entender que, se o tal suposto “feirão de benefícios” aconteceu – ou tem acontecido desde a votação do polêmico projeto de autoria do Governo Municipal instituindo a cobrança da taxa de iluminação pública – o mesmo estaria sob a condução direta do prefeito Vinícius Luz (PSDB).

E, segundo o que está bem explícito nos vídeos acima (também nos áudios abaixo), até mesmo as cadeiras (os cargos) da Mesa Diretora, a partir da Presidência, teriam sido negociadas no tal “feirão de benefícios”. E, se tudo isso que foi explicitado na troca de farpas verbais entre os vereadores Carapô e Carvalhinho se confirme, e seja comprovado, além de ilegal é uma situação vergonhosamente imoral.

ENTENDA MELHOR: ÁUDIOS DETALHAM TODA A CONFUSÃO

Vereador José Prado Carapô (PTN).
Vereador José Prado Carapô (PTN).

AMEAÇOU DENUNCIAR – No áudio a seguir, o vereador José Prado Carapô ameaça denunciar colegas de Parlamento que votarem a favor dos interesses do prefeito Vinícius Luz em troca de benefícios da prefeitura.


“O SENHOR TEVE, OU NÃO TEVE BENEFÍCIOS?” – No áudio a seguir, o vereador José Prado Carapô pressiona o colega vereador Carvalhinho a confirmar se ele foi, ou não, contemplado com algum benefício da prefeitura para mudar seus posicionamentos, sobretudo na eleição da Mesa Diretora da Câmara.

Com o voto dos 10 vereadores empossados no dia 1º de janeiro de 2017, o vereador Adilson de Carvalho (PMDB) foi eleito, pela terceira vez, presidente da Câmara Municipal de Jataí.

A mesa diretora para o biênio 2017-2018 também é composta pelos vereadores Thiago Maggioni (PSDB), como vice-presidente, e Major Davi Pires (PP), como secretário. Adilson Carvalho não teve concorrentes na escolha do novo presidente. Pretendentes ao cargo, os vereadores Mauro Bento Filho (PMDB) e José Prado Carapô (PTN) acabaram não registrando chapas.

Pressionado, o vereador Carvalhinho acabou confirmando que, “como os outros”, ele foi contemplado com benefícios. Ao que parece, foi contemplado com cargo na Mesa Diretora ou com um assessor parlamentar de gabinete a mais. Isso não ficou muito claro na calorosa discussão. No momento da confusão e do bate-boca entre ele e o vereador José Prado Carapô, era Carvalhinho quem presidia a sessão, no Pequeno Expediente. Confira.

“O VALE-TUDO PARA DEFENDER PREFEITO…” – No áudio a seguir, o vereador José Prado Carapô acusa colegas de agirem nos bastidores diferente do que demonstram para a imprensa e para a comunidade. “O vale-tudo para defender prefeito, a sociedade não entende isso de forma positiva, não” – ressaltou Carapô, que voltou ameaçar com denúncias. Confira.

“EU PEDI APOIO AO PREFEITO…” – No áudio a seguir, o vereador José Prado Carapô afirmou que pediu apoio à base do prefeito e ao próprio prefeito Vinícius Luz (PSDB) para a sua eleição à Presidência da Câmara. “Mas eu tenho independência. Não aceito cabresto. Eu falei isso para o próprio prefeito”, ressaltou Carapô, que também criticou vereadores que afirmam ser oposição ao prefeito Vinícius Luz (PSDB), mas que na prática… Melhor você, leitor, conferir o áudio.

Vereador Augustinho Carvalho, o "Carvalhinho (SD/Solidariedade)
Vereador Augustinho Carvalho, o “Carvalhinho (SD/Solidariedade).

“ROUND 1” DO BATE-BOCA: “CARVALHINHO” CONTRA-ATACA! – No áudio a seguir, o vereador Carvalhinho faz provocação verbal contra o colega, vereador José Prado Carapô”, e quer saber dele quem são os vereadores que falam que são de oposição, mas que estariam sendo beneficiados pelo prefeito de Jataí (GO). “Eu vou ser bem sincero. Eu tô achando que você está falando de mim”, mandou Carvalhinho no papo-reto. Confira a réplica do Carapô.

ABAFA O CASO? – No áudio a seguir, o vereador Marcos Antônio Ferreira Luz (PDT), ex-presidente do Legislativo, entrou no meio do bate-boca entre os colegas Carapô e Carvalhinho para ressaltar que o prefeito Vinícius Luz (PSDB), enquanto ainda era vereador e na condição de prefeito recém-eleito, teria lhe garantido que daria tratamento igual a todos os novos parlamentares, independentemente de serem, ou não, de oposição ao Governo Municipal iniciado no último dia 1º de janeiro.

E atente para um detalhe importante: O vereador Marcos Antônio – que acabou defendendo o prefeito Vinícius Luz diante das acusações ou insinuações do vereador José Prado Carapô que alegou, mesmo que indiretamente, indícios de supostas negociatas entre os poderes Executivo e Legislativo municipal – é um vereador do PDT, partido de oposição ao atual prefeito jataiense. Confira no áudio, a seguir.

“ROUND 2” DO BATE-BOCA: A CONFISSÃO DOS BENEFÍCIOS – No áudio a seguir, o vereador José Prado Carapô propõe lavagem de roupa suja no plenário da Câmara Municipal de Jataí. Ele cobrou do colega, vereador Carvalhinho, que o mesmo nominasse quem são os vereadores que estão agindo por interesses próprios. Carvalhinho, de imediato, retrucou: “Você é um deles”.

O bate-boca pegou fogo. Carapô ressaltou que o partido de Carvalhinho, o Solidariedade, em nível estadual, cogitou expulsá-lo pelas mudanças bruscas de posicionamentos do vereador (indiretamente, supostos conchavos com o prefeito da oposição).

Carapô deu o cutucão fatal e mandou o papo-reto: “O senhor (Carvalhinho) teve benefícios (da prefeitura)? Carvalhinho, visivelmente tenso e acuado, respondeu: “Não só eu, como outros (vereadores) também. Tive o benefício, sim, de mais uma cadeira”, referindo-se à cadeira que ganhou na Mesa Diretora para o biênio 2017/2018.

“Vossa Senhoria mudou de posição porque, simplesmente, rasgou sua honra por conta de uma cadeira (na Mesa Diretora) deste Parlamento”, apelou Carapô. Confira, no áudio a seguir, o desfecho deste ponto da fogosa discussão.

“MALÍCIA POLÍTICA” – No áudio a seguir, o vereador major David Pires (PP), maior defensor do prefeito Vinícius Luz (PSDB), usou a estratégia da “malícia política” para intimidar e neutralizar o “indomável” colega, vereador José Prado Carapô, a ponto de pedir a ele que respeitasse a condição de “presidente ad-hoc” do vereador Carvalhinho. Confira no que deu a ação do ex-PM que tentou agir como “bombeiro”. Ouça.

EM GRUPOS DE “WHATSAPP” HÁ QUEM TENTE CRIAR CORO PRÓ-“IMPEACHMENT” DE VEREADORES E ATÉ DO PREFEITO

Em alguns grupos de WhatsApp que debatem a política local, há quem já fale ou tente levantar um coro popular pró-impeachment de vereadores e, pasmem!, até do prefeito que, assim como os vereadores “boca-de-fogo”, também é estreante no cargo, junto com sua vice. Um grupo de debatedores políticos no WhatsApp disseram que vão denunciar o caso ao Ministério Público local para que investigações de praxe sejam formalizadas.

Ao que parece, o caso do suposto “feirão de benefícios” parece ter se transformado em uma novela picante, fogosa, cujos capítulos vindouros prometem muita ação verbal, dedos acusatórios em riste e muitos momentos de “toma lá, dá cá”, neste caso não sendo pelo tal suposto “feirão”; pelo menos deverá ser por meio de trocas de “gentilezas”, “cortesias”, “elogios”, “simpatias” e muitas, muitas acusações. Aguardemos.

NOTA DA REDAÇÃO – A qualquer momento, o Portal Rede Pop estará realizando atualizações com novas informações sobre este fato. Logo mais, na Tarde Informativa da programação da PopMix RádioWeb, que você ouve ao vivo aqui no Portal Rede Pop, a partir das 17 horas, você terá toda a repercussão sobre esta confusão política em Jataí (GO), com espaços para pronunciamentos em entrevistas com todos os citados nesta reportagem, caso estes queiram se manifestar. O espaço estará sempre aberto tanto aqui no Portal Rede Pop, quanto na PopMix RádioWeb.

AO VIVO – E às 18 horas, ao vivo no Jornal Central de Notícias, você terá novas informações sobre tudo que foi relatado nesta reportagem. Acompanhe ao vivo aqui no Portal Rede Pop ou no site da PopMix RádioWeb (clique aqui) ou ainda pelo Facebook, na fanpage da PopMix RádioWeb (clique aqui) ou ainda pelo aplicativo gratuito para aparelhos móveis com sistema Android que você baixa na PlayStore. Basta digitar “PopMix RádioWeb”. Os ouvintes vão poder interagir com comentários por meio do WhatsApp (64) 9 9997-3415 ou pelo chat (canal de bate-papo) ao vivo da PopMix RádioWeb.

NOTA DA REDAÇÃO:

atualização reportagem 1

No material aqui fartamente publicado, fica praticamente claro que as tais cadeiras às quais o vereador José Prado Carapô se referiu nos dá a entender, em meio à toda esta confusão, serem cadeiras da Mesa Diretora, vez que o mesmo afirmou explicitamente que intencionou disputar a Presidência da Câmara Municipal.

Ocorre que, há poucos instantes, por volta das 9h00min da manhã desta quarta-feira, 1º/03/2017, recebi, por WhatsApp, a informação de que, na verdade, as tais cadeiras são o compromisso de um sexto servidor/assessor de gabinete parlamentar, pago pela Câmara Municipal, a ser disponibilizado para cada vereador que, segundo me foi informado, votasse na eleição do atual presidente do Legislativo Jataiense que, segundo esta mesma informante, é primo em primeiro grau do vereador Carvalhinho (veja o print acima). – Informação atualizada às 9h13min, 1º/02/2017.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Terry Marcos Dourado
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias (PORTAL REDE POP TRANSMÍDIA) reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Postagens criminosas, que firam a legislação brasileira serão repassados às autoridades policiais competentes para rastreamentos e as medidas legais cabíveis aos criminosos.

Veja Também

Prefeitura de Jataí (GO) surpreende e emociona público com decoração e programação natalina inéditas

Nunca antes na história de Jataí, cidade da região sudoeste de Goiás, a população foi pres…